Oliveira & Zambujeiro

Publicado: 12 de agosto de 2010 em Sem categoria

A Bíblia e as Plantas

Quando Deus inclui as plantas em sua palavra é com o propósito de facilitar o entendimento. Jesus quase sempre utilizava parábolas para tornar a mensagem mais compreensível. Toda menção, no entanto é significativa e não supersticiosas e quem as pratica não herdará o Reino dos Céus. Ap. 21.8

A Oliveira e o Zambujeiro

A oliveira é uma das árvores mais importantes citadas na escritura Sagrada, por causa da sua conexão direta com o povo de Israel e também pela riqueza de figuras por ela representada.

Esta árvore se chama em hebraico Zayt, que significa oliveira, azeitona. Seu uso era muito variado no Oriente Médio, pois ela era famosa por seu fruto, seu óleo e sua madeira. Os povos orientais reputavam-na com um símbolo de beleza, força da benção divina e da prosperidade.

Umas das características mais impressionantes da oliveira é sua perenidade. Elas crescem praticamente sob quaisquer condições: Nas montanhas ou nos vales, nas pedras ou na terra fértil. Crescem otimamente sob o intenso calor, com pouca água e são quase indestrutíveis. Seu desenvolvimento é lento, porém contínuo. Quando é bem cuidado, pode atingir até 7 (sete) metros de altura. Até as oliveiras doentes continuam a lançar novos ramos. Algumas árvores têm troncos torcidos e velhos, as oliveiras não deixam de lançar de si novos ramos e dar frutos. Até ou mais mudas brotam da raiz envolta da árvore.

Ainda que cortada e queimada novos ramos emergirão de sua raiz. Algumas brotam e crescem num sistema de raízes com mais de 2.000 anos de idade, ou seja, há oliveira que foi plantada quando Cristo caminhou como um simples homem nesta terra. Mais o lavrador tem que esperar 15 anos para colheita de uma árvore nova. Cada árvore pode produzir até 80 litros de azeite Por ano. A oliveira é um produto necessário a vida, portanto a azeitona é valiosa. Não é notável que Deus nos tenha comparado justamente a estar árvore. Gn 8.11

A oliveira é tão impressionante em seu desenvolvimento, mas o é também quanto aos frutos que produz e suas utilidades. Ela produz azeitonas! Mas de que nos servem as azeitonas? Sabemos que elas são uma fonte de comida, luz, higiene e cura.

Aqui há algo tremendo e de grande significado profético, pois nos mostra que nos temos que produzir justamente estas coisas. Ou seja, quando as pessoas chegarem à nós devemos sempre estar prontos para lhes fornecer alimento (através da palavra que nos tem sido confiada) Mt 4.4, Luz (que emana de nossas vidas como o sinal da presença de Deus em nós) Lv 24.2 Sl 119.105, Jo 1.5 Ef 5.8, higiene (a unção que nos confiada e que limpa e purifica a todos os que por ela são alcançados) Sl 24.3-4, Mt 5.8 e por fim cura (que é fruto  desta mesma unção , que além de libertar, também traz cura de alma e do corpo)

Na atualidade as azeitonas eram postas na prensa, para que, pelo peso da alavanca mais o peso das pedras que imprensavam a azeitona para que o azeite pudesse ser produzido. O processo era assim: o peso da primeira pedra produz o primeiro e mais puro azeite, que era usado para cerimônias de unção e consagração; outras pedras acrescidas produzem azeite de qualidade inferior para uso doméstico, iluminação sabão etc. Iz 41.19 2 Reis 4.6

No novo testamento existe um capítulo no livro de Romanos que nos dá a chave e nos informa quem são os dois ramos de oliveira! Paulo aqui nos apresenta um fato (que Israel foi dividido em pedaços) Jr 11.16-17. E também nos informa o que acontecerá com esses ramos. Rm 11.17 em diante

O zambujeiro da mesma família da oliveira, popularmente conhecido como “Oliveira-da-rocha” ou “ Oliveira-Braba”, é silvestre, muito comum e mede até 2,5 m. A enxertia tem por finalidade converter uma árvore em noutra, transformando a copa. Pode der utilizado para rejuvenescer plantas envelhecidas ou remover plantas que dão frutos sem valor. Se houver o enxerto para baixo a árvore dará limão azedo, para cima limão doce. É assim que funcionam os enxertos…

Procurei em diversas fontes (não poucas) sobra enxertia de zambujeiros em oliveiras. Tudo que encontrei foi que há incompatibilidade para este tipo de enxerto visto que, a planta boa (oliveira verde) receberia a braba (zambujeiro) e perderia sua qualidade. Passaria em sua copa a produzir oliveiras Brabas e do enxerto para baixo oliveiras puras. Seria uma perda.

About these ads

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s